Imagem capa - Organização de casamento | Como Fazer Uma Lista de Convidados por CHRISTIAN OLIVEIRA
Ideias e Dicas para o seu Casamento

Organização de casamento | Como Fazer Uma Lista de Convidados

Se você ficou noiva e ainda não sabe por onde começar o planejamento do casamento, temos a resposta: LISTA DE CONVIDADOS. Sem ela não é possível fazer nada. Para dar uma ajuda, separamos valiosas dicas para fazer a lista sem estresse.


Por:


Vou casar, por onde começar? Pelo maior perrengue da vida do casal nesta fase: uma lista de convidados. Você está procurando por um número maior de usuários, e você pode enviar por e-mail para outros usuários. Mas nós garantimos, depois de tudo resolvido e 95% fechado, a vida vai ficar infinitamente mais fácil.

Sem ela nem pense em bater na porta dos fornecedores, nem todos eles. Para qualquer tipo de orçamento é preciso saber o número de pessoas que irão sem casamento.


Confira abaixo um passo a passo completo com todas as dicas para montar sua lista sem puxar os cabelos -seus ou da sua futura sogra:


Por onde começar?

Segundo um avaliador de eventos e eventos Flávia Boutros, uma lista de casamento deve ser criada primeiramente colocando uma família e amigos mais próximos (ou seja, como pessoas que realmente convivem bastante com os noivos), depois colocar os colegas de trabalho e amigos e parentes mais distantes.

Heloisa Juliato, da Babi Leite Eventos, recomenda que é uma lista feita por categorias (família, amigos próximos, faculdade, trabalho, etc.). "Assim, quando for preciso cortar alguém mais fácil procurar por categorias.  Deve ser feito em planilha, já com o nome como vai escrito sem convite, quantidade de convidados de cada família, endereço e telefone de contato", explica.



Com quanto tempo de antecedência ou casal deve fazer uma lista de convidados?

Este é o primeiro item a fazer depois de ficar noiva, de acordo com Flávia e Heloisa. Uma razão para isso e vários serviços que foram aprovados e contratados dependentes da quantidade de convencionais. "Para fechar o espaço onde vai ser uma cerimônia e festa, por exemplo, dependemos do número de convidados", explica Heloisa.



Quais são os principais erros cometidos pelo casal ao fazer uma lista de convidados?

Flávia e Heloísa mencionam alguns pontos que podem causar problemas a casais:

- Começar a lista misturando todos os grupos de convidados, e sem saber todas como informações de contato e nome;

- Ter uma lista emxuta hoje em dia com tanta redes sociais e encontros de amigos de longa data e muito complicado. "Mas os noivos precisam se apegar em convidados que realmente fazem uma diferença na vida do casal. Assim, fica fácil cortar para o amigo do colégio que vocês são grudados, ficaram 15 anos sem se encontrar e hoje são amigos o pelo Facebook ", destaca Heloisa;


- Os noivos devem estar atentos aos pronomes de tratamento que vão nos invitations (Ex: Sr. e Sra., Sr. e família, Doutor, etc.). No entanto, uma avaliação pode rever esta lista antes de finalizar os envelopes nominais.



Como ser usado para o preciso cortar convidados da lista?

Esta é uma pergunta que tira o sono de alguns casais. Para Heloisa, o grau de proximidade com o convidado tem com o casal e a família pode ser definitivo nesta hora. Flávia concorda: "Os noivos devem cortar como pessoas ou parentes com quem não têm tanto contato ultimamente".

Uma vez que é necessário, segundo Flávia, é: "quando para uma família grande, os noivos podem convidar apenas Sr. e Sra" .



É preciso definir uma cotação de convidados aos pais? Como estabelecer este número?

Para Flávia e Heloisa, isto é um evento de novidades. "Se os noivos estão localizados em uma festa e se tiverem uma verba limitada, há um prazo para colocar um limite para os convidados dos pais (10 a 15% para os pais da noiva e 10 a 15% para os pais do noivo). O que é o que é o que você quer? ", Opina Flávia.

Heloisa lembra que a divisão desenvolve-se de forma igual para as famílias e a empresa que está a integrar uma festa, a prioridade da lista e semper.



Qual é a média de convidados faltosos? No caso de casamentos em que a família dos noivos mora longe ou de casamentos de destino, este número é maior? 

Flávia explica que antigamente era 20% e hoje é de 10%. "Devido à crise, os casamentos tem tido menos convidados (com amigos e parentes mais próximos), os quais geralmente comparecerão", comenta.

Heloisa também tem observado uma queda no número de convidados faltosos, mas vê outras razões para isso acontecer: "muito mais 20%, mas cada vez mais esse número é diferente, pois como festas de casamento hoje viraram baladas, tem shows legais e poucas pessoas Faltam ".

Segundo Flávia e Heloisa, o número de convidados faltosos pode aumentar em casamentos de destino ou em casamentos realizados em outras cidades. "Mas se para algo programado e avisado com bastante antecedência, os convidados se programam. Um casamento de destino hoje é um programa incrível, onde os convidados acabam tirando férias, emendando feriado ", pondera Heloisa.


Foto: Bruno Alves


É indelicado chamar uma amiga e não chamar o namorado dela, por exemplo?

Na opinião de Flávia, pode ser indelicado. Já para Heloisa não vê como uma indelicadeza, mas pode causar confusão. "O convite pode ser apenas nenhum nome dela, mas uma pessoa que namora faz tempo entende que pode levar um acompanhante", afirma.



Como funciona no caso de um casamento com orçamento apertado, em que um primo, por exemplo, quer levar uma namorada recente ou uma "ficante"? O que fazer neste caso?

Flávia acredita que o ideal é sincero nestes momentos. "A melhor solução é falar a verdade: nós estamos com o orçamento apertado e tivemos que cortar muitas pessoas queridas da lista, portanto não é possível criar sua acompanhante, você entende?".

Heloisa recomenda que se o primo comenta antes que quer levar, o ideal é dizer que o espaço não é o tipo de conviado de uma maneira delicada. "Mas caso ele leve no dia e teve uma lista, é muito chato proibir a entrada", alerta.



Como agir com pessoas que se convidam para o casamento?

Heloisa aponta algumas saídas: "Sempre de uma forma delicada, dizer que é um momento que vai ser comemorado só com pessoas muito próximas e colocar uma culpa no lugar onde vai ser uma festa, o que é o espaço não é um grande número de pessoas. Ou dizer que a família que está bancando o casamento e lista de convidados está muito controlada ".

Flávia vai pela mesma linha: "Os noivos podem falar que estão fazendo um casamento pequeno para os mais próximos e família, e que não é imprescindível para o projeto".



Como fazer com colegas de trabalho? É preciso convidá-los? E se quiser convidar apenas alguns deles?

Heloisa acredita que hoje em dia os trabalhos de trabalho acabam ficando muito próximo pela carga horária de trabalho. "Acabamos convivendo muito mais com eles do que com amigos mais próximos. Mas só com um preciso convento quando você tem um grau de intimidade que vá além da sala do escritório, se você está no final da semana, saem para jantar. Não tem problema convidar apenas os mais íntimos. Isso é normal ", comenta.

Para Flávia, deve-se convidar apenas os mais próximos e os chefes. "Eles devem explicar que não tem como convidar todos. Outra forma é pedir para os poucos com comentários da empresa que irão ao casamento ", aconselha.



Como funciona o serviço de RSVP? É aconselhável para qualquer tipo de casamento?

O serviço de RSVP (vem do francês "Répondez s'il vous plaît" e significa "Responda, por favor") serve para confirmar a presença de convidados e uma estimativa de quantas pessoas de fato irão ao casamento. Depois de uma entrega dos convites.

"É aconselhável para todos os tipos de casamento. Há uma ideia geral da quantidade de pessoas que irão na festa, com menos de imprevistos como faltar bebida, acabar o doces e não ter um serviço satisfatório no buffet aconteçam ", alerta Heloisa.



De acordo com Heloisa, existem dois tipos:

- RSVP ativo: quando uma empresa liga para os convidados para confirmar uma presença.

- RSVP receptivo: quando se deixa um contato para que o convidado confirme uma presença.

Flávia só tem uma ressalva quanto ao RSVP receptivo: "ele não funciona, pois quase ninguém liga para confirmar uma presença.  Já o RSVP ativo, no qual somos nós ligamos para o convidado ou mandamos um whatsapp já é mais eficaz".


https://revista.icasei.com.br/organizacao-de-casamento-como-fazer-lista-de-convidados/